Receba o Ebook "Phygital" Gratuitamente! Disrupção Não-Tecnológica Pular para o conteúdo principal

Disrupção Não-Tecnológica

A Disrupção Não-Tecnológica refere-se a mudanças significativas em setores ou mercados que não são impulsionadas por avanços tecnológicos. 

Pode resultar de alterações em regulamentações governamentais, transformações culturais, movimentos sociais ou eventos geopolíticos. 

Ao contrário da disrupção tecnológica, que envolve inovações e avanços em hardware ou software, a disrupção não-tecnológica pode impactar profundamente a dinâmica de mercado de maneira imprevisível.

Exemplos incluem alterações nas preferências dos consumidores, mudanças nas políticas governamentais, crises econômicas e movimentos ambientais. 

Empresas que conseguem antecipar e adaptar-se a essas disrupções não-tecnológicas podem ganhar vantagem competitiva e sustentabilidade a longo prazo.

Receba o Ebook "Phygital" Gratuitamente!

Postagens mais visitadas deste blog

eBooks: 10 Mais Vendidos em Computação, internet e mídia digital

 1.  JavaScript para Iniciantes - Aprenda a Programar JS de Forma Simples: Um Guia Prático para Dominar os Fundamentos do JavaScript 2.  ChatGPT: Curso Prático de Chat GPT: Volume 1 - A teoria antes da prática (Escola de Inteligência) 3.  14 Hábitos de Desenvolvedores Altamente Produtivos 4.  Copy para Whatsapp. 2ª edição. Mais de 150 Mensagens Personalizadas e Persuasivas. Copy para Whats.: CopyWhiting para Whatsapp. Frases que vendem. Palavras que vendem. 5.  Guia ChatGPT para leigos: 70 ideias práticas para utilizar a ferramenta, otimizar o seu trabalho e ganhar dinheiro 6.  Curso Essencial de Lógica de Programação 7.  Dominando Java: 100+ Exercícios Resolvidos e Comentados para Acelerar seu Aprendizado (Dominando a Programação) 8.  Scrum - Um Guia de Bolso (Segunda edição): Um companheiro de viagem inteligente 9.  Product Backlog Building: Um guia prático para criação e refinamento de backlog para produtos de sucesso 10.  Arquitetura Limpa: O guia do artesão para estrutura e design

Polkadot

Polkadot é uma plataforma de blockchain projetada para ser interoperável, escalável e governável, criada por Gavin Wood, um dos co-fundadores do Ethereum. Polkadot utiliza uma abordagem inovadora chamada "relays" para conectar diferentes blockchains em uma rede segura e eficiente.  Isso permite que projetos de blockchain independentes compartilhem informações e transações de forma confiável, criando um ecossistema interconectado de blockchains. Polkadot é baseado em um protocolo de consenso chamado Nominated Proof-of-Stake (NPoS), que utiliza um conjunto rotativo de validadores para garantir a segurança e a integridade da rede.  A plataforma tem como objetivo resolver os desafios de escalabilidade e interoperabilidade enfrentados por muitos blockchains, tornando-se uma infraestrutura fundamental para a Web 3.0.