14-BIS

O 14-Bis é uma das mais importantes conquistas na história da aviação, projetada e construída pelo brasileiro Santos Dumont. Este avião foi responsável por realizar o primeiro voo motorizado controlado e homologado pela Federação Aeronáutica Internacional em 23 de outubro de 1906, em Paris, França.

A tecnologia adotada no 14-Bis era inovadora para sua época. Possuía uma estrutura leve feita principalmente de bambu, o que garantia resistência e leveza, essenciais para a aviação. O motor era um Darracq de 50 cavalos de potência, montado na parte traseira do avião, impulsionando uma hélice de duas lâminas. Este arranjo possibilitava o controle direcional por meio de um sistema de leme.

Uma das características mais marcantes do 14-Bis era a configuração de sua asa, que lembrava a de um pássaro, com curvatura para cima. Isso conferia estabilidade e sustentação ao voo, tornando-o mais controlável.

O avião também contava com rodas para a decolagem, o que facilitava os testes e os voos experimentais.

O sucesso do 14-Bis representou um marco na história da aviação, provando que era possível voar com uma máquina mais pesada que o ar e abrindo caminho para o desenvolvimento futuro da aviação mundial.

O nome "14-Bis" foi dado por Santos Dumont em referência ao número ordinal "bis", que significa "duas vezes" em latim, indicando que era seu 14º projeto de aeronave. O termo "bis" foi adicionado porque, antes do 14-Bis, Dumont havia construído uma série de outros modelos experimentais de aeronaves, todos numerados sequencialmente. O "14-Bis" ficou conhecido como tal, sendo seu avião mais famoso devido ao sucesso de seu voo histórico em 1906

Big Data

Big data é uma expressão que se refere ao enorme volume de dados, estruturados e não estruturados, que inundam uma empresa diariamente. Esse...

Como participante do Programa de Associados da Amazon, sou remunerado pelas compras qualificadas efetuadas.